TOUCHDOWN

11

 

Um campeonato brasileiro de futebol americano

Desde a primeira vez que uma bola oval foi lançada no Brasil, os amantes do esporte sonhavam com um campeonato nacional, organizado e estruturado. O Torneio Touchdown, como foi batizado pelo seu “padrinho” e conselheiro do grupo gestor de 2009, André José Adler, foi disputado em 8 cidades do Brasil com capacetes e ombreiras, com os quais muitos se acostumaram a ver jogadores do New York Giants, New England Patriots, Pittsburgh Steelers, Dallas Cowboys, San Francisco 49ers e os outros grandes times da NFL, e vencido naquele ano pelo RJ Imperadores. Em 2010, Adler, que foi narrador esportivo de jogos da NFL dos Estados Unidos para o Brasil de 1992 a 2006, juntou a sua experiência após acompanhar na Hungria o dia a dia da liga local produzindo duas temporadas do programa “Touchdown” para o canal Sportklub até 2008, com a vivência do pioneiro campeonato brasileiro de futebol americano, e assumiu a gestão do torneio e então convidou 7 novos times para uma 2ª edição do campeonato. Dez mil espectadores em dez cidades brasileiras acompanharam o sucesso do campeonato que culminou em Vila Belmiro com a apertada vitória do Vila Velha Tritões sobre o Vasco da Gama Patriotas.

 

Com o crescimento do esporte e a visibilidade que a bola oval vem atingindo com jogos por todo território brasileiro, em 2011 na 3ª edição do campeonato houve  um grande avanço. 16 times  participaram. A última vaga foi pela primeira vez disputada em campo pelo Ribeirão Preto Challengers que prevaleceu sobre o São Paulo Sharks em partida acompanhada por cerca de 1000 pessoas em Tambaú, SP.

 

Nos primeiros três anos o TTD marcou a vida de muitas pessoas e elas marcaram o torneio através de suas participações e apoios.

 

Um destaque é feito aos jogadores e dirigentes do Fluminense Imperadores (Campeão do TTD 2009), Vila Velha Tritões (Campeão do TTD 2010), Corinthians Steamrollers (Campeão do TTD 2011 e 12), Jaraguá Breakers (Campeão do TTD 2013) e ao Vasco da Gama Patriotas (Campeão do TTD 2014).

 

Também o ABC Corsários, Botafogo Challengers, Botafogo FA, Brasília V8, Campo Grande Gravediggers, Coritiba Crocodiles, Corupá Buffalos, Cuiabá Arsenal, UFPR Brown Spiders, Curitiba Hurricanes, Curitiba Predadores, Flamengo FA, Ipatinga Tigres, Joinville Gladiators, Juventude FA, Minas Locomotiva, Palmeiras Locomotives, Paraná HP, Ponta Grossa Phantoms, São José Bulls, Rio Branco Futebol Americano, Santos Tsunami, São José Istepôs, São Paulo Sharks, São Paulo Storm, São Paulo Spartans, Vipers Arms, T-Rex, Tubarões do Cerrado, Uberlândia Lobos, Vitória Antares e Vitória All Saints deixaram a sua marca e foram marcados pelo Torneio Touchdown. Nestes anos, muitos outros times começaram também na bola oval equipada de norte à sul do país para o orgulho de todos nós.

 

No Torneio Touchdown, fomos reconhecidos por uma grande quantidade de pessoas de destaque no Brasil, seja com o “coin toss” do primeiro jogo equipado no Rio de Janeiro pelo Príncipe Dom Eudes de Orleans e Bragança, ou com o “cara ou coroa” do jogo final do TTD III em São Paulo pelo Ex-Presidente Luis Inácio Lula da Silva. Prefeitos e Secretários de Esportes de várias cidades chutaram kickoffs simbólicos.

 

Chegamos em 2012 ao momento de levar tudo à um novo patamar. Ainda em 2011, Adler associou-se à LFT Marketing e foi fundada a Touchdown Promoção de Eventos Esportivos Ltda. com o objetivo de estruturar o torneio contando com colaborações de profissionais das áreas de marketing, jurídica, e mesmo esportiva,  criando oportunidades para patrocinadores perspicazes atingirem um público diferenciado, ao mesmo tempo aliviando o custo absorvido totalmente pelos jogadores, pioneiros apaixonados deste esporte de contato e estratégia. No final de 2012, o Torneio Touchdown perdeu seu principal mentor, Adler nos deixou há uma semana da primeira decisão televisionada ao vivo para todo o país, através da emissora BANDSPORTS.

 

Após mostrar solidez e desenvolvimento contínuo já em três anos bem sucedidos, o formato do Torneio Touchdown 2013 foi incrementado e com mais jogos. Cada time enfrentou 7 adversários diferentes, com as equipes divididas em três conferências, a Walter Camp (homenagem ao “pai do futebol americano” jogador da Universidade de Yale desde 1876 e criador das formações e sistemas do esporte) e a George Halas (“pai da National Footbal League”, o fundador do Chicago Bears, e voz ativa na reunião de 1920, que formou a American Professional Football Association, que se tornou a NFL em 1922), e pela primeira vez a Conferência Bill Walsh (técnico que influenciou um novo estilo de jogo levando o San Francisco 49ers à vitórias de múltiplos Super Bowls). Para facilitar a mídia, a socialização e principalmente para aumentar as famosas e sadias rivalidades dentro do esporte, numa alusão com os nossos Pontos Cardeais, o Torneio alterou a partir de 2014 os nomes das quatro conferências, porém, 97% das suas equipes e confrontos foram mantidas de acordo com a última temporada, desta feita, com as devidas inversões no mando de campo.

 

Já em 2015 o Torneio Touchdown procurou um formato de disputa que mescla clássicos regionais e interestaduais, um novo formato que acabou sendo idealizado em função de alguns pontos relevantes, tendo como item principal, a redução de 20 para 16 equipes na disputa pelo Trófeu André José Adler.

 

O Torneio Touchdown continuará, fortalecido, a sua missão de desenvolver mais uma alternativa esportiva para os brasileiros, mantendo a sua filosofia de criar oportunides para novos times e levar bons espetáculos para o entretenimento de um público crescente num maior número de estádios do país. Nesta temporada de 2015, a competição apresenta o UFPR Brown Spiders, mais um representante do futebol americano paranaense e o Rio Branco FA do Espírito Santo.

11 comentários
  • André Henrique de Espindola 26 de dezembro de 2015 - às 14:42:16

    ola moro em Mafra gostaria de saber como faz para participar do campeonato Att

  • Vitor frazao 13 de dezembro de 2015 - às 21:46:22

    Tenho apenas 12 anos quero participar de campeonatos juvenis de futebol americano oq faço moro no Rio de janeiro

  • João 10 de dezembro de 2015 - às 09:37:44

    Existe alguma negociação para a Liga Nacional ser transmitida na tv? Ou ao menos ser comentada na tv pq assisto ESPN praticamente todos os dias e nunca ouvi eles comentarem nada sobre a Liga Nacional. Comecei a acompanhar a NFL este ano e estou amando aquele campeonato, sao jogos super emocionantes do começo ao fim o que praticamente nunca ocorre no futebol da bola redonda, e sabendo agora agora do campeonato nacional gostaria tbm de ve-lo na tv. Existe essa possibilidade a partir da proxima temporada?

  • Eduardo Oliveira 25 de novembro de 2015 - às 21:25:55

    Parabéns aos organizadores, ano passado vi pela tv a final entre VASCO DA GAMA X T-REX, foi um jogo emocionante e terminou com o título vascaíno. O mais importante é a socialização desse esporte no país, quando todos entenderem um pouco mais as regras, sem dúvidas o esporte ganhará muitos adeptos. Continuem esse belo trabalho e divulguem ainda mais o torneio.

  • Marcílio Cavalcanti 23 de novembro de 2015 - às 13:12:45

    Pq os times do NE não participam deste torneio?!!!

  • Carlos Roberto Miranda Salla 10 de agosto de 2015 - às 12:12:03

    Agora temos mais um time no torneio Touchdown que é o Ponte Preta Gorilas. Preparem-se porque a Selva vai tremer. "Go" Gorilas. Estarei em todos os jogos com certeza com a torcida mais fanática desta país.

  • Jailson Dias 21 de junho de 2015 - às 22:03:27

    O torneio é otimo, a organização é nota 10,postem videos dos lances dos jogos, isso seria genial, enfim acabou a espera dia 28 começa...go Patriotas rumo ao BI

  • Jayson Braga 23 de abril de 2015 - às 18:57:56

    A história do Torneio Touchdown segue atualizada. Ressaltamos que todas as matérias do site, dependem exclusivamente das atividades informadas pelas equipes participantes ao longo da temporada.

  • SIDMAR GERALDO DE REZENDE 24 de maio de 2014 - às 12:03:25

    OS PARTICIPANTES PODERIAM GRAVAR E POSTAR PARA QUEM GOSTA DESSE ESPORTE, JÁ QUE A BANDSPORT NÃO VAI TRANSMITIR.

  • Marcus Lopes 13 de maio de 2014 - às 15:05:29

    Já atualizaram o texto, mas o site poderia ser atualizado com maior frequencia.

  • Eduardo Vinicius de Souza 13 de abril de 2014 - às 06:22:56

    Este texto de apresentação está desatualizado há dois anos!!!

Postar um novo comentário