Touchdown entrevista um dos destaques da rodada: Raphael Lauff, CB do Vila Velha Tritões - 28.06.2013

0
Foto: Bárbara Mesquita
Raphael Lauff Bodart, conhecido por muitos pelo seu sobrenome "Lauff", possui dentro da equipe de Vila Velha as funções de atleta e diretor. O jogador pratica a modalidade deste o ano de 2007 e, com o começo das atividades na praia, foi se adaptando ao esporte praticado em campo. Apaixonado pela bola oval e de estatura "baixinha", Lauff, fica feliz em conseguir demonstrar para todas as pessoas que o futebol americano é o esporte mais democrático da atualidade.     1) Qual o sentimento de ser jogador do Vila Velha Tritões? Ser um jogador do Vila Velha Tritões é uma satisfação imensa na minha vida. Eu me dedico muito dentro e fora de campo para ver as coisas dando certo. Sou parte destas coisas quando elas  dão certo ou não.   2) Como foi a partida do final de semana? Acho que ainda não estamos atuando com toda a força que temos. Estamos nos reorganizando em todos os aspectos da equipe. O HC, Clayton Banner, e os atletas Forest e AJ Jhonson devem nos ajudar a dar os retoques necessários. Acho que o nosso melhor está guardado para as equipes mais ameaçadoras na competição.   3) Você já jogou pelo Antares, certo? Possui amigos por lá?   O Antares foi o time que abriu as portas para que eu viesse para os Tritões em 2010. Não tenho amigos la, tenho pessoas que eu considero muito e que me consideram também até hoje, mas acho que minha saída deixou alguns insatisfeitos, o que não tem nada a ver. Independente disso, dentro de campo, respeito todos os meus adversários, mas não tenho nenhum amigo em dia de jogo. [caption id="attachment_2702" align="aligncenter" width="399"]Foto: Maria Flavia Foto: Maria Flavia[/caption]   4) Qual é sua motivação dentro de campo? Jogar contra um rival estadual sempre é diferente? Minha motivação é jogar esse esporte maravilhoso.  Qualquer um que não sinta prazer em praticá-lo, deveria abandoná-lo. Jogando pelo Tritões e em uma competição nacional e televisionada, é melhor que a encomenda.   5) Quais foram os cinco melhores jogos que você participou? 1- Final TTD 2010: Eu estava no kickoff inicial naquele dia mítico em que fomos campeões do TTD. Entrei na defesa ao longo da partida. Lembro como se fosse hoje. 2-Final conferência 2012: Contra o Botafogo, vencemos nos últimos segundos. Vibrei demais naquele jogo, mesmo tendo entrado pouco. 3-Estréia no TTD 2010: Foi a estreia fullpads da equipe, estréia no TTD e minha estréia na equipe. Nesse jogo eu tirei uma bola do WR Cubano, que tem mais de dois metros. Isso significou muito para mim.   4-Final TTD 2011: Perdemos para o time do Corinthians, de lavada, mas na época, ninguém venceria os caras. Se hoje ja é dificil, imagina com eles tendo 7 estrangeiros em campo?  Mas aquele jogo marcou uma nova era pra todos os times no Brasil. Todos viram como atletas estrangeiros faziam diferença, e os times atentaram à isso. Perder também é importante. 5-Rodada 2 TTD 2013 : Contra o Antares. Este eu escolho pela minha atuação. Tirei várias bolas, dei tackle, retornei e interceptei para TD. Também pelo pedido de namoro que eu fiz no intervalo. Marcou muito, sem dúvida.   6) Quais são os jogos mais dificeis dos Tritões na temporada regular?    Todas as equipes são um desafio diferente, mas pegar Corinthians, Botafogo e T-Rex, sem dúvida será muito complicado, ainda mais que dois deles são fora de casa.   7) Deixe um recado para os fãs do Vila Velha Tritões e do Torneio Touchdown   Eu desejo que esta modalidade cresça, mas cresça devagar e da forma certa. Algumas coisas devemos encarar com profissionalismo, outras como amadores que somos, dentro de campo. Se você não conhece a modalidade, acompanhe o TTD e o Vila Velha Tritões, que sem duvida está entre as principais equipes do país. [caption id="attachment_2704" align="aligncenter" width="346"]Foto: Assessoria Tritões Foto: Assessoria Tritões[/caption] Imagens:
  • Foto: Maria Flavia
  • 310204_147744348743662_1087622320_n
  • Foto: Assessoria Tritões
Postar um novo comentário