PLAYOFFS 2014 – INTENSIDADE, RESPEITO E A PARTE MENTAL, SÃO FATORES PREPONDERANTES PARA O DUELO ENTRE O T-REX X BOTAFOGO REPTILES. - 23.11.2014

0
fotos/Eliana Botan e Jayson Braga

Valendo uma vaga na grande decisão do Torneio Touchdown, o confronto entre T-Rex diante do Botafogo Reptiles apresenta um duelo particular entre os dois melhores running back da competição, sem contar com outros fatores preponderantes que vêm sendo a pauta durante a preparação das duas equipes, para o duelo que acontece no próximo sábado (29/11) a partir das 15h, no Complexo Esportivo Timbó-SC.

 

T-REX (8-0)

 

Invictos na temporada, o time catarinense destaca-se pelo potencial atlético apresentado por seus atletas. Muito bem preparados e extremamente físicos, o grupo segue concentrado, dividindo seu tempo em academia, sala de aula, reuniões e muito mental.

 

Numa espécie de receita que vêm dando certo desde a primeira partida do time na temporada regular, para o OL# Bruno Takahashi, eleito um dos melhores do Torneio em 2014, acredita que a fórmula não pode mudar agora, quando resta apenas duas partidas para a tão sonhada conquista.

 

Esse jogo pra mim é como se fosse o primeiro e o último, é uma honra jogar contra a equipe do Reptiles. Aqui a gente aprende a encarar cada jogo como o degrau de uma escada, não existe o degrau futuro e nem o degrau passado, apenas o próximo degrau” - disse Bruno.

 

Apesar de ter passado em branco diante do Corinthians Steamrollers, na primeira rodada dos playoffs, o RB# Clair José segue como grande destaque ofensivo do time. Atuando com muita intensidade, Clair é responsável pela grande maioria dos pontos da equipe. Sempre reservado, o mesmo não costuma se auto promover, mas quando está em campo, seu principal foco é ganhar jardas por entre as linhas adversárias.

 

BOTAFOGO REPTILES (7-1)

 

Se depender do time carioca, mais uma façanha será repetida no próximo sábado. Detentor de excelentes resultados e jogos épicos nesta temporada, o Botafogo Reptiles também promete muita intensidade. Preparando a parte mental do elenco, o treinador Duda Duarte sabe da dificuldade que o time encarará nesta partida de semi-final.

 

Sabemos da intensidade física do T-Rex, por isso vamos focar em estar com a resistência lá no alto. Precisamos corrigir alguns detalhes técnicos e preparar a parte mental dos jogadores para mais um desafio fora de casa” - declarou o treinador.

 

Com vitórias sobre o Jaraguá Breakers, Lusa Lions e Vila Velha Tritões fora de casa, somado com os êxitos em seus domínios diante do Tubarões do Cerrado e Paraná HP (ambos playoffs contenders), credencia o time carioca numa digna e merecida semi-final diante dos catarinenses.

 

Como o segundo melhor running back da competição, o RB# Aluan travará um duelo mais que especial com Clair. Principal pontuador do Botafogo Reptiles, Aluan é extremamente físico e joga procurando o contato, conta com a ajuda de uma linha ofensiva bem física, um facilitador a mais para as suas corridas pelo meio da defesa adversária.

 

Confrontos:

A partida marcará o primeiro encontro na história dessas equipes. Para apimentar ainda mais, ela valerá uma vaga na grande decisão na sexta edição do Torneio Touchdown.

Imagens:
Postar um novo comentário