Com virada no último quarto, Lusa Rhynos bate o Santos no clássico paulista. - 10.05.2014

2
foto/Bruno Gentil

Numa partida bastante movimentada no Estádio do Canindé-SP, neste sábado (10/05), a equipe da Lusa Rhynos bateu o Santos Tsunami por 23 x 22.

 

Com um começo de jogo eletrizante, o Santos Tsunami abriu o marcador, após um belo retorno de kickoff para touchdown, realizado por #21 Fagner Alves – Extra point convertido pelo K# Danilo Amorim. A resposta da Lusa Rhynos aconteceu logo na seqüência, aproveitando algumas infrações capitais por parte da defesa santista. Com o RB#22 Fernando o time da casa anotou seu touchdown com uma corrida de 6 jardas – Extra point não convertido (06 x 07).

 

Com uma defesa ligada, principalmente na secundária, a Lusa Rhynos conteve as principais jogadas do Santos. Sem os passes preciosos do QB#8 Junior, o time alvi negro teve bastante dificuldade para evoluir em campo.

 

Novamente usando seu jogo terrestre, a Lusa virou o marcador com uma nova corrida para touchdown do RB#22 Fernando – Extra point convertido pelo K#38 Flávio Gatti. Sem perder o fôlego, tivemos na jogada seguinte, outro excelente retorno para touchdown dos especialistas do Santos, o segundo na partida (o terceiro na temporada). Desta feita, foi a vez do jogador Douglas Borges cruzar a endzone da Portuguesa, colocando o Santos novamente na frente do marcador – Extra point convertido pelo K# Danilo Amorim (13 x 14).

 

Com duas tentativas de field goals bloqueados por ambas as equipes, o jogo seguiu equilibrado e muito disputado até o final do primeiro tempo. Mas antes do intervalo, a Lusa Rhynos voltou a marcar com Bruno Piñeiro – Extra point convertido pelo K# Flávio Gatti – em seguida, o Santos empatou a partida com o WR# Luis de Aquino marcando seu touchdown – Extra point bloqueado (20 x 20).

 

A segunda etapa começou com muito nervosismo em campo, com várias infrações cometidas por ambas as equipes, e a boa presença da secundária da Lusa, o clássico se manteve ainda mais equilibrado. Destaque para as interceptações conseguidas pela defesa lusitana, parando o forte ataque aéreo do Santos. Com um safety, o Santos voltou a ficar na frente do marcador, quando o atleta da Lusa, Nicolas Nascimento, acabou sendo derrubado dentro da sua própria endzone (20 x 22).

 

Restando pouco menos de 2 minutos no relógio, o ataque da Portuguesa caminhou de forma dramática no ataque. Foi através do chute certeiro de field goal, executado pelo K# Flávio Gatti, o time da Lusa Rhynos garantiu a sua primeira vitória na temporada.

 

Com essa vitória, a Lusa consegue a reabilitação no Torneio, tendo agora pela frente a equipe gaúcha do POA Bulls, novamente no Canindé, no próximo dia 31 de maio. Enquanto isso, a equipe do Santos Tsunami recebe o Campo Grande Gravediggers uma semana antes, dia 24 de maio, no CT Meninos da Vila.

Imagens:
2 comentários
  • Mano Paulo 12 de maio de 2014 - às 10:00:25

    O atleta derrubado na endzone era Antonio Carlos =D

  • rato 10 de maio de 2014 - às 23:06:42

    é bruno piñeiro

Postar um novo comentário